Painel de Controle


...

...

O casamento e as religiões

O objetivo é sempre o mesmo: unir por amor, com a benção de algo muito maior que...

O casamento e as religiões
O objetivo é sempre o mesmo: unir por amor, com a benção de algo muito maior que o homem.

Casamento católico: o cristianismo adotou as formas do casamento antigo, mas atribui-lhe um valor religioso (União de Cristo e a Igreja) e novas exigências, como fidelidade, monogamia e proibição do divórcio. Para a igreja é o mútuo consentimento que realiza o casamento. Com o Concílio de Trento, em 1545, é indispensável a presença de um padre para realizar a cerimônia como testemunha.

Casamento protestante: é bem parecido com o Católico, mas a cerimônia religiosa é facultativa, ou seja, nada acrescenta ao casamento civil, mas os noivos podem solicitar a presença da comunidade cristã para uma celebração perante Deus. Eles aceitam casais já divorciados. 

Casamento judaico: segundo a lei judaica, os dois futuros cônjuges devem ser filhos de pais judeus casados religiosamente. Só é considerado judeu aquele que possui mãe judia, por nascimento ou conversão.

Casamento ortodoxo: a celebração do casamento, segundo o rito bizantino, data dos séculos V e VI e compõe-se de duas cerimônias, sendo a dos esponsais (contrato de casamento) e a do coroamento ou do casamento propriamente dito. Em geral eles se confundem. O padre é o ministro do sacramento e a Igreja ortodoxa permite o divórcio e o casamento da parte não culpada.

Casamento muçulmano: é um contrato cujas cláusulas são definidas pelo Alcorão e pela tradição do Profeta Maomé. O homem, diversamente da mulher, tem a obrigação de se casar se não há impedimentos. Ele não pode ter mais de quatro mulheres simultaneamente. O muçulmano pode se casar com uma judia ou uma cristã, mas os filhos devem ser muçulmanos. A mulher muçulmana, ao contrário, não pode se casar com um cristão ou judeu e o casamento de um muçulmano com um politeísta ou judeu é proibido. Casamento das religiões afro-brasileiras: é realizado pelo pai de santo, tem o mesmo valor legal do casamento civil e normalmente é realizado em praias.

Matéria postada em 27/09/2012 | Por: Anna Lydia Acuio


COMPARTILHE


Veja também

Consultando postagens...

Curiosidades

Carregando...

Redes sociais

Inoivando

Casamento Cidades LTDA ME | Inoivando Franquias LTDA | ©2010-2018, Todos os Direitos Reservados. 11. 4521-0065 - 11. 98336-6868