Painel de Controle


...

...

O significado da espiritualidade na cerimônia religiosa

Qual a sua religião? Você está preparando a cerimônia religiosa só pela emoção ...

O significado da espiritualidade na cerimônia religiosa
Qual a sua religião? Você está preparando a cerimônia religiosa só pela emoção de entrar na igreja no tapete vermelho com dezenas de pessoas te olhando com largos sorrisos no rosto e olhos marejados? Ou você está preparando o religioso por tudo e, também, por seu significado espiritual?

Seja na católica, na espírita, na evangélica ou na budista, todas as cerimônias religiosas têm como fim receber a benção de Deus por meio de padre, pastor ou pessoas de confiança dos noivos para fazer orações e comentar o casamento pelo prisma espiritual - caso do espiritismo e do budismo, por exemplo.

Um lembrete em caso de religiões ou doutrinas espirituais diferentes >
 

Cerimônia ecumênica e inter-religiosa

O casamento ecumênico, ou interconfessional - nome oficial, segundo o Conselho Nacional de Igrejas Cristãs - acontece entre cristãos de igrejas diferentes: católica, anglicana, batista, etc. "Quando um dos noivos não é cristão - um é católico e o outro é budista, por exemplo - o casamento passa a se chamar inter-religioso", explica o reverendo Rogério de Assis, da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil. Na cerimônia ecumênica, pelo menos um dos noivos deve ter recebido o batismo cristão. Já o casamento inter-religioso tem mais detalhes e varia de igreja para igreja. "Cada uma tem seu ritual específico e o mesclar desses rituais entre os celebrantes é que dá o tom inter-religioso", diz o reverendo. A cerimonialista Beth Kos já organizou muitos casamentos ?mistos? e revela que, na maioria das vezes, a solução encontrada é realizar uma união civil. "Agrega-se à cerimônia civil uma bênção religiosa, que pode ser feita por um representante de cada uma das religiões envolvidas ou pelos próprios pais ou irmãos", conta. Ela ainda lembra que a cerimônia católica só pode acontecer dentro da igreja. Já a judaica, protestante e as uniões civis podem ser realizadas em outros locais, permitindo a montagem do espaço no local da recepção. O ideal é que a cerimônia seja marcada pelo equilíbrio, sem privilegiar uma ou outra religião. "O respeito deve ser o norte. O que se celebra é o amor que une, não as diferenças", conclui o reverendo.
Fonte: portal UOL

Independente de sua religião e de sua crença, lembre-se que o significado espiritual é importante e pode refletir harmonicamente na sua vida e em seu relacionamento. Amor, respeito e união é que o devem permear a relação, sempre.

Matéria postada em 22/03/2013 | Por: Karina Oliveira Landi


COMPARTILHE


Veja também

Consultando postagens...

Curiosidades

Carregando...

Redes sociais

Inoivando

Casamento Cidades LTDA ME | Inoivando Franquias LTDA | ©2010-2018, Todos os Direitos Reservados. 11. 4521-0065 - 11. 98336-6868